Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Comandaroba)

Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Comandaroba)

Laranjeiras, Sergipe, Brasil

Arquitetura religiosa

A Companhia de Jesus, ao se estabelecer em Sergipe, no final do século XVII, fundou a Casa do Retiro. Depois, em Comandaroba, tiveram sua segunda casa, em 1731, que se acredita haver sido administrada, anteriormente, pelos capuchinhos. Os sítios do Retiro e Comandaroba pertenciam à freguesia de Nossa Senhora do Socorro da Cotinguiba, incluindo também a atual cidade de Laranjeiras. A Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Comandaroba, foi concluída, provavelmente, em 1734, data indicada no pórtico de acesso à nave. Sua arquitetura tem por característica mais marcante a varanda que envolve toda a frente e as laterais da nave, abrindo‐se para o exterior por meio de arcadas. O acesso a esta varanda se dá através das três arcadas centrais da fachada principal, sendo as demais parcialmente vedadas, formando peitoris. A fachada principal tem forte marcação horizontal, acentuada pelas duas cornijas que correm acima da arcada e das cinco janelas do coro. Não possui torres, apenas duas sineiras com janelas em arco pleno. Entre as sineiras, um frontão definido por volutas de suave ondulação arremata o corpo da edificação. Por sua vez, marca a entrada da nave uma cercadura em cantaria, decorada com motivos fitomórficos, e em suas laterais duas janelas guarnecidas com balaústres de madeira. No interior da nave de pequenas proporções, o elemento de maior destaque é a base do púlpito, com a figura estilizada de um leão esculpido em pedra. A cantaria também é utilizada nas cercaduras das tribunas e no arco‐cruzeiro, encimado por imagens de anjos exibindo cartela com a inscrição "tota pulcra es Maria". Na capela‐mor, chama a atenção o grande número de vãos que a comunica com as duas sacristias situadas nas laterais: são duas portas de acesso, duas janelas retangulares com vedação em treliça e seis tribunas. Por seu valor histórico e arquitetónico, esta capela foi classificada pelo IPHAN, em 1943.

Loading…