Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário

Cachoeira e São Félix, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

A Matriz de Nossa Senhora do Rosário se localiza na parte baixa da cidade, sujeita às inundações do Rio Paraguaçu, em posição isolada, constituindo‐se numa pequena quadra. A construção atual teve início no final do século XVII, somente sendo concluída por volta de 1754. Possui planta retangular, formada por nave única, com corredores laterais superpostos por tribunas e sacristia transversal, tipologia comum às outras matrizes edificadas nesta época. A cobertura da edificação é composta por telhados de duas águas e de meia água, que terminam em cornija. O interior do templo é revestido por painéis de azulejos figurativos com altura de quatro metros, colocados em 1750. Os forros em madeira possuem pintura ilusionista na área da nave e com medalhões no coro e sacristia. Parte da talha do século XVIII se mantém nas tribunas, púlpitos, e sacristia; nas demais áreas foi substituída por talhas neoclássicas durante o século XIX. Destacam‐se também no interior do templo as peças em lioz: escadaria do presbitério, pia batismal, duas conchas de água benta, e lavabo com golfinhos. O frontispício possui um corpo central ladeado por duas torres com terminações piramidais, revestidas de azulejos em ziguezague. O acesso ao templo se faz por belíssimo portal de lioz coroado por um nicho e formado por três arcos plenos com frontões em volutas, provavelmente inspirado nos tratados de arquitetura da época.

Loading…