Igreja e Convento do Carmo

Igreja e Convento do Carmo

São Luís, Maranhão, Brasil

Arquitetura religiosa

Domina do alto o Largo do Carmo, ainda hoje o grande centro social e comercial da cidade. Fundado em 1627 por carmelitas calçados pernambucanos, serviu de fortaleza durante a invasão holandesa (1644) e em 1829, depois como biblioteca pública e educandário, passando por grandes obras em 1865‐1866 em que teve a fachada, de duas torres e linhas muito simples, revestida por azulejos portugueses. Em 1908 ainda possuía escadaria frontal, transformada em duas laterais, com chafariz em golfinhos de lioz lisboeta para facilitar o trânsito. O convento tem sete janelas para o Largo; está hoje entregue a frades italianos, que o modernizaram radicalmente em betão para servir de escola. A igreja conserva traços bem fortes de ligação com o traçado seiscentista - duas torres ladeando frontão retilíneo com portal barroco e três janelas simples - azulejos coloniais na sacristia e arcadas e corredores laterais antigos; e a Ermida da Guia, na Ilha do Medo (1616), e o Lazareto do Senhor do Bonfim (1718). Em 1821 possuía o convento onze religiosos, cinco fazendas e 258 escravos.

Loading…