Convento e Igreja de São Boaventura

Convento e Igreja de São Boaventura

Erangal [Arengal], Área Metropolitana de Mumbai (Bombaím), Índia

Arquitetura religiosa

Os franciscanos teriam tomado conta da aldeia de Arengal entre 1554 e 1557. A fundação da Igreja de São Boaventura data de 1599. Posteriormente, a reitoria foi fortificada, com capacidade para albergar seis soldados. Cerca de 1630, o convento tinha como dependentes as aldeias de Mar, Maroa e Daroli. Duas razões justificam a inclusão neste inventário de uma entrada referente aos restos da igreja e reitoria dos franciscanos em Arengal. A primeira é que, de todas as igrejas da antiga Província do Norte fora de Baçaim, Damão e Diu, é a única na qual não houve até 2007 nenhuma intervenção arquitetónica moderna irreversível. A segunda razão é ter‑se tratado de uma igreja e convento fortificados e, portanto, a igreja - de nave única e falso transepto - era integralmente abobadada (ainda se vêem, em fotografias publicadas em 1925, os arranques da abóbada) e estava coberta por um terraço que prosseguia à mesma altura sobre a capela‑mor. Esta é mais baixa que a nave e mantém a abóbada de berço. Além disso, existem ainda a norte da fachada - virada ao mar, cuja orla está muito perto, a poente - duas das quatro paredes de uma torre quadrangular onde ainda se encontra uma pequena janela quinhentista ou primo ‑seiscentista. Ao longo da parede sul da nave, aliás, abrem ‑se cinco janelas altas dessa mesma época. Mantém ‑se também o perímetro do pátio da reitoria franciscana, a norte, e parte do corpo edificado a nascente. Liga esse corpo à capela ‑mor da igreja uma porta em asa de cesto, que parece ser característica da mais antiga arquitetura católica no norte. O conjunto apresentava em 2007 um aspecto de austeridade e antiguidade quase intocada, muito raro hoje em dia. A igreja e os restos do pequeno convento estão em condição de extrema pobreza e despojamento: há apenas paredes, restos da cobertura, pedaços dos edifícios conventuais, nenhum mobiliário litúrgico. A igreja está coberta por um teto metálico, começam a aparecer revestimentos cerâmicos pobres e pintura despropositada, mas o edifício está "no osso".

Loading…