Administração das comunidades de Bardez

Administração das comunidades de Bardez

Mapusa [Mapuçá], Goa, Índia

Equipamentos e infraestruturas

Implantado no cimo da colina, o edifício da Administração das Comunidades de Bardez ocupa um lote a sul do liceu, já na rua onde também se situa a Câmara Municipal. Embora não se conheça a data exata da sua construção, ela foi posterior ao liceu e ao tribunal, podendo‐se estabelecer como datas limite 1936 e 1958. O edifício desenvolve‐se em dois pisos, num volume em U. As fachadas são diferentes, sendo o trabalho de distinção da fachada principal evidente. Distingue‐se aqui a falsa simetria conseguida através dos dois pórticos neoclássicos que ladeiam a entrada principal e sobressaem da volumetria do conjunto, sendo rusticado todo o piso inferior destes elementos e do corpo central. Estes dois volumes que sobressaem do plano da fachada têm no piso superior varandas e são coroados por frontões. A decoração é ainda reforçada por elementos simples geométricos e, no piso inferior, pelo modo pouco vulgar como as pedras angulares são realçadas. A fachada posterior é bastante simplificada, sobressaindo uma varanda central no piso nobre, que poderá ser um acrescento à construção inicial. As fachadas laterais, apesar de terem uma decoração bastante mais reduzida que a principal, com as galerias idênticas em ambos os pisos, têm as pedras angulares dos seus volumes marcadas de modo idêntico ao frontispício, fazendo uma transição entre os alçados principal e posterior. A organização interna não é simétrica, fazendo‐se o acesso ao primeiro andar pelo lado norte, provocando assim a assimetria e contrariando a imagem transmitida pelo alçado principal. Da caixa de escadas tem‐se acesso a uma sala ampla que ocupa todo o lado sul, com ventilação transversal e proteção feita através das galerias, a uma pequena sala do lado norte, e ainda às suas traseiras, onde existem mais duas salas. No rés‐do‐chão existe uma entrada central diretamente para a rua que dá acesso a uma sala única, ampla. O edifício não parece ter sofrido grandes alterações ao longo dos anos, para além da já referida, sendo a mais significativa uma proteção contra a chuva construída na zona central da fachada principal. Não se sabe se faria parte do plano conjunto para esta zona, mas é possível, uma vez que a fachada está perfeitamente alinhada com a fachada do liceu. Mais uma vez ressaltam as preocupações com o clima e com uma imagem de representação de estado, que se afigura de influência vinda da Índia britânica.
Loading…