Igreja de Santa Maria da Misericórdia

Igreja de Santa Maria da Misericórdia

Ksar Sghir [Alcácer Ceguer, Ksar Masmuda, Ksar al-Madjaz], Norte de África, Marrocos

Arquitetura religiosa

Logo após a conquista, o edifício da mesquita, que se erguia nas proximidades da Porta de Mar, foi dos primeiros de Ksar Seghir a ser apropriado. Por iniciativa do infante D. Henrique, foi adaptado a igreja matriz da vila, com a invocação de Santa Maria da Misericórdia. Apesar do conjunto se encontrar arruinado, são perceptíveis as principais transformações a que foi sujeito e as marcas do enobrecimento do seu espaço.
O templo cristão manteve a planimetria e a orientação do edifício merínida, possuindo nave única, retangular, à qual se acrescentou uma capela‐mor, no canto sueste, posição anómala que permitiu não sacrificar o mihrab, colocado axialmente. O portal principal, por seu turno, foi aberto na fachada lateral, virado a noroeste, dispondo‐se, no alçado oposto, três pequenas capelas laterais e outras dependências não identificadas, nas quais subsistem restos de pinturas murais datáveis de inícios do século XVI. No chão, lajeado, inscreveram‐se várias lápides funerárias. Este conjunto de vestígios, bem como os azulejos de Cuenca, ou aresta, do pavimento da capela‐mor, permitem afirmar que existiu uma importante campanha de obras em época manuelina, provavelmente contemporânea das da couraça marítima e do castelo.

Loading…