Igreja de Santana

Igreja de Santana

Bodiem, Goa, Índia

Arquitetura religiosa

A Igreja de Santana de Bodiem é a mais pequena das igrejas de fachada cupoliforme construídas em Bardez entre meados do século XVIII e o início do século XIX, tendo a dimensão de uma capela, mais do que de uma igreja. Só se tornou paroquial em 1946. Foi fundada em 1801 como filial a Tivim e passou por obras de reedificação em 1892‑1893, altura em que foi desmembrada daquela paróquia. Como é habitual na literatura goesa sobre estes assuntos e nas placas colocadas por vezes nas igrejas (sucede em Santana), não sabemos como interpretar termos como "reedificação". Mas uma das placas de Santana dá o padre Leopoldo Francisco da Rocha, pároco entre 1885 e 1895, como autor do projeto da igreja. O vocabulário ornamental da fachada principal e do interior é muito semelhante ao da Igreja de Moira, que sabemos datar dos primeiros anos de Oitocentos. A nave única coberta de teto de madeira, com os seus nichos concheados albergando janelas, é também característica desse período. Já a cobertura da capela‑mor, com uma abóbada de arestas e penetrações, parece um exercício revivalista característico do final do século XIX. A igreja localiza‑se num sítio privilegiado, virada a poente, isolada face a uma grande extensão de várzea e braços de água. A povoação situa‑se para nascente, por detrás da igreja, subindo uma encosta.

Loading…