Quartel do XX

Quartel do XX

Goiás, Vila Boa de Goiás, Goiás, Brasil

Arquitetura militar

O Quartel do XX formou‐se da adaptação de residências no Largo do Chafariz para uso militar. Segundo Coelho, o quartel iniciou suas atividades nesse local em 1747. O edifício foi alvo de modernizações na fachada na passagem do século XIX ao XX, ocasião em que adquiriu platibandas e sofreu modificações nas esquadrias do corpo central. No início da década de 1980, o IPHAN reformou o edifício, que retomou as características militares coloniais. A fachada é marcada pelo ritmo das aberturas na parte térrea, coberta em telhado cerâmico com caimento de duas águas, composta por beiral encachorrado que protege as espessas paredes de taipa de pilão das fachadas. Rompendo a sobriedade da edificação térrea, ao centro eleva‐se um segundo pavimento, formando uma torre composta pelo acesso principal e duas janelas no pavimento superior, todos com verga reta, coroadas por um telhado de quatro águas. No interior, o amplo pátio central quadrado abriga um poço. Uma varanda circunda o pátio e dá acesso aos vários cómodos, inclusive à antiga cela que, assim como o corpo principal, também possui segundo pavimento. A edificação, protegida por legislação estadual e federal, além de ter abrigado o batalhão de infantaria até a década de 1940, também serviu de depósito, hotel, hospital, arquivo da prefeitura e secretaria municipal de cultura. Atualmente, sedia o CEP - Centro de Especialização Profissional, do governo do estado de Goiás.

Loading…