Igreja de São Gonçalo Garcia dos Homens Pardos

Igreja de São Gonçalo Garcia dos Homens Pardos

Penedo, Alagoas, Brasil

Arquitetura religiosa

O local onde está situada a Igreja de São Gonçalo Garcia dos Homens Pardos foi inicialmente marcado pela existência de uma capela em louvor ao santo de mesmo nome. Sobre os restos desse primeiro edifício, a igreja foi erguida durante o período de 1758 a 1770, como testifica a descrição do seu pórtico de entrada. Ocupa o espaço de uma planície às margens do Rio São Francisco e, por esse motivo, foi atingida por várias enchentes, até ser protegida com a estratégica ocupação do cais, construído no início do século XX. A igreja apresenta características formais híbridas. Parte dos ornatos de suas fachadas e de seu espaço interior foi esculpida em pedra calcária oriunda da própria região, e apresenta um trabalho em cantaria cujas expressões, juntamente com as de outras igrejas da cidade, denunciam a existência de uma escola de mestres‐canteiros, como afirma Mota Menezes. O frontispício é composto por frontão com discretas volutas, tendo no centro um óculo com moldura em cantaria. Em seu volume arquitetónico destacam‐se as duas torres, cujas dimensões conferem ao edifício um carácter desproporcionado, com feições neogóticas que foram construídas no final do século XIX, substituindo as originais. A decoração de interiores também demonstra linguagem estilística variável. O arco‐cruzeiro, retábulos e altares de canto têm marcas neoclássicas, o altar‐mor é trabalho com motivos barrocos e o lavabo da sacristia apresenta feições rococó. Foi reconhecida como monumento pelo IPHAN em 1964.

Loading…