Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Marechal Deodoro, Alagoas, Brasil

Arquitetura religiosa

A igreja situa‐se num local antes ocupado por uma capela, destinada ao culto religioso dos negros. Sua localização parece enquadrar‐se no recorte gráfico de um dos mapas que ilustram o livro de Gaspar Barléus (1647), elaborados por George Marcgrave, integrante da Comitiva Nassoviana. Referências acerca da remota existência da antiga capela são indicadas por Diegues Júnior ao comentar sobre o conteúdo do testamento de Gabriel Soares, o qual revela que a capela de seu engenho era dedicada à santa - dados que conferem com aqueles registados na escritura de doação de parte das terras do então Engenho Novo, também conhecido como de Nossa Senhora do Rosário, da proprietária D. Maria José Acioli para João César Bezerra. As obras da construção do atual volume arquitetónico da igreja foram iniciadas em 1834, dirigidas pelo mestre Miguel Arcanjo de Vasconcelos. No ano de 1917, a igreja recebeu a imagem de Nossa Senhora do Carmo, pertencente ao conjunto de esculturas da Igreja de Nossa Senhora do Ó que, na época, já estava num avançado estágio de abandono. Foi reformada na década de 60, provável período em que parte de seu piso e cobertura foram substituídos. Está desativada desde os anos de 1970 e encontra‐se bastante degradada, podendo hoje serem ainda reconhecidos seu frontão em formato triangular com bordas escalonadas e as três janelas com arcos plenos de sua fachada. Dentre o conjunto de edifícios de carácter religioso da cidade, a igreja se destaca por carregar claros padrões neoclássicos.

Loading…