Bibliografia

ALBUQUERQUE, António, Arquitectura Moderna em Moçambique. Inquérito à Produção Arquitectónica em Moçambique nos Últimos Vinte e Cinco Anos do Império Colonial Português 1949-1974, Coimbra, Prova Final da Licenciatura em Arquitectura apresentada à Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Coimbra, 1998.

CALDAS, João Vieira – "Design with Climate in Africa. The World of Galleries, Brise-Soleil and Beta Windows". DOCOMOMO International Journal 44 – 2011/1 Modern and Sustainable, 2011, p. 16-23.

FERNANDES, José Manuel, Arquitectura e Urbanismo na África Portuguesa, Casal de Cambra, Caleidoscópio, 2005.

FERNANDES, José Manuel, Geração Africana. Arquitectura e cidades em Angola e Moçambique, 1925-1975, Lisboa, Livros Horizonte, 2002.

FERNANDES, José Manuel

 “O Moderno em África”,Expresso, Lisboa, 01.09.2001.

 “Geração Africana”,Expresso, Lisboa, 08.01.2000.

FERNANDES, José Manuel, Para o Estudo da Arquitectura e do Urbanismo no espaço ultramarino português, no século XX – alguns temas sobre Angola e Moçambique,Lisboa: FA-UTL, 1999. Candidatura a Provas de Agregação.

FERREIRA, André, Obras Públicas em Moçambique, Inventário da Produção Arquitectónica Executada entre 1933 e 1961, Lisboa, Edições Universitárias Lusófonas, 2008.

FERREIRA, Zara, "Local and Global Modern Thinking. Designing with Climate in Mozambique: School Buildings Production", Docomomo Journal nº 48 - Modern Africa. Tropical Architecture, Barcelona, 2013.

FERREIRA, Zara, O Moderno e o Clima na África Lusófona. Arquitectura Escolar em Moçambique: o Programa de Fernando Mesquita (1955-1975), Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura. Lisbon: UTL-IST, 2012.

FRY, Maxwell; DREW, Jane, Architecture and Environment. London: George Allen & Unwin Ltd, 1976.

FRY, Maxwell, DREW, Jane, Tropical Architecture in the Dry and Humid Zones. London: BT Batsford, 1964. 

MAGALHÃES, Ana, Moderno Tropical. Arquitectura em Angola e Moçambique, 1948- 1975, Lisboa, Edições Tinta da China, 2009.

MESQUITA, Fernando, Escola Técnica Elementar de Lourenço Marques. Projecto – Memória Descritiva. Lourenço Marques: DSOPT, 1961. Fonte: AHU-MU-OP00584-2646-1/2

MILHEIRO, Ana Vaz, Nos Trópicos Sem Le Corbusier. Arquitectura Luso-Africana no Estado Novo, Lisboa, Relógio de Água, 2012.

MIRANDA, Elisiário, “Escola Secundária Estrela Vermelha. Um Paradigma da Arquitectura Escolar Moçambicana do Terceiro Quartel do Século XX”, in Ana Tostões (ed.), Arquitectura Moderna em África: Angola e Moçambique, Lisboa, Caleidoscópio, 2014. p. 350 a 355

MIRANDA, Elisiário, Liberdade & Ortodoxia: Infraestruturas de Arquitetura Moderna em Moçambique (1951-1964), Dissertação de Doutoramento apresentada à Escola de Arquitectura da Universidade do Minho, 2013.

MIRANDA, Elisiário, “Estrela Vermelha High School.A Paradigm of Mozambican School Architecture of the Third Quarter of the Twentieth Century”, in Ana Tostões (ed.), Modern Architecture in África: Angola and Mozambique, Lisbon, FCT, 2013. p. 350 a 355

OLGYAY, Victor, Design with Climate, Bioclimatic Approach to Architectural Regionalism. Princeton: Princeton University Press, 1963.

TOSTÕES, Ana, “Visões Cruzadas. Um Laboratório de Arquitectura entre Global e Local”, in Ana Tostões (ed.), Arquitectura Moderna em África: Angola e Moçambique, Lisboa, Caleidoscópio, 2014. p. 62 a 121

TOSTÕES, Ana, “Looking both sides. A Lab on architecture between Globalism and Localism”, in Ana Tostões (ed.), Modern Architecture in África: Angola and Mozambique, Lisbon, FCT, 2013. p. 62 a 121

Loading…