Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo (Antiga Catedral) e Antigo Convento do Carmo

Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo (Antiga Catedral) e Antigo Convento do Carmo

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Arquitetura religiosa

A origem da igreja é a Ermida de Nossa Senhora do Ó, construída pelos beneditinos na praia nos arredores do Morro do Castelo, núcleo original da cidade. Os carmelitas, na sua chegada à cidade em 1590, ocupam a capela, e alguns anos mais tarde, em 1619, iniciam a construção do seu convento. O edifício retangular ainda existente é apenas parte do complexo original. Nele são seiscentistas o rés‐do‐chão e o primeiro sobrado, com vãos em verga reta. O segundo sobrado já é obra do século XVIII, anterior a 1760, provavelmente da mesma época do sobrado dos Teles de Meneses, pois ambos apresentam janelas rasgadas com balcão e arco abatido com sobreverga. Através do grande vão em arco pleno se ingressava no pátio do convento. Com a chegada da corte portuguesa em 1808, o edifício foi requisitado para hospedar a rainha D. Maria I e seu séquito. Na época foi construído um passadiço que o ligava ao paço. A igreja conventual foi construída a partir de 1761, depois que a primitiva capela desabou. Quando o príncipe regente a requisitou para servir de capela real, a decoração interna ainda não havia sido totalmente concluída. É uma igreja de nave única retangular, com arcadas, tribunas e capela‐mor muito profunda. As arcadas foram transformadas no decorrer do século XIX nas atuais capelas laterais. O conjunto decorativo predominante é um esplêndido exemplo do rococó carioca. A decoração do cruzeiro, nave e capela‐mor é obra do entalhador Inácio Ferreira Pinto, realizada ainda no século XVIII. As capelas laterais da nave foram decoradas no século XIX pelo alemão Thomas Driendl com os mesmos motivos rococós da nave; a única exceção foi a capela do Santíssimo, de gosto neo‐clássico. As pinturas dos apóstolos entre as tribunas da nave e da capela‐mor são da autoria de José Leandro de Carvalho. Em 1997, realizaram‐se obras no interior, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. Externamente a igreja se encontra muito modificada. Apresentava originalmente torre rústica com copiar, e era ligada ao convento.

José Simões Belmont Pessôa

Loading…