Casa da Pólvora

Casa da Pólvora

João Pessoa, Paraíba, Brasil

Arquitetura militar

A Casa da Pólvora atualmente existente foi a terceira construída na cidade, ordenada em carta régia de 1704 e concluída em 1710. Situa‐se na ladeira de São Francisco, entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa, localização que tem a vantagem de ser próxima ao núcleo urbano, mas externa a ele, não lhe oferecendo risco (diferentemente da primeira, na Rua Nova). A construção, em alvenaria de pedra calcária, tem paredes laterais robustas que suportam a abóbada de tijolos. Há um único cómodo, com três seteiras (nos fundos), que se comunica com o exterior pela portada (no frontispício). Esta portada, encimada pelo brasão do reino de Portugal, do qual só restam vestígios, confere certa imponência à construção, de sobriedade tipicamente militar. Incorporada ao património público aquando da Independência, foi leiloada em 1902. Em 1920, o proprietário iniciou a demolição das paredes e da abóbada, na parte de trás do prédio. Assim, ele foi classificado pelo IPHAN, em 1941, como ruína. Depois de obras menores em 1964 e 1971, passou por uma recomposição de maiores proporções entre 1977 e 1979, completada em 1986, apresentando‐se hoje íntegra.

Juliano Loureiro de Carvalho

Loading…