Banco de Angola

Banco de Angola

Luanda [São Paulo de Luanda], Luanda, Angola

Equipamentos e infraestruturas

É o edifício que melhor simboliza a arquitetura do Estado Novo de feição neoclássica e revivalista em Luanda. Impõe‐se não só pela sua arquitetura mas também pela monumentalidade, grandiosidade e riqueza. Foi concluído em 1956 e projetado pelo arquiteto Vasco Regaleira, que o identifica da seguinte maneira: "procuramos idealizar um edifício que arquitectonicamente se integrasse na época setecentista, de que Luanda possui alguns exemplares e dar exemplo das condições excepcionais que oferece a nossa arquitetura tradicionalista na sua adaptação ao clima colonial [...] tão bem representada na parte de Luanda antiga, sem alterar as proporções do módulo da Ordem Jónica". O hall de entrada tem uma escadaria monumental em mármore e colunas jónicas, com três ordens distintas, que sustentam um tambor e cúpula. O seu interior é decorado com azulejaria que representa a chegada dos portugueses aos reinos do Kongo e de N’gola. Do ponto de vista simbólico‐expressivo, o edifício tem um grande impacto visual. Situa‐se na Avenida 4 de Fevereiro n.o 135‐169, e foi classificado por despacho n.o 27, de 18.04.1995.

Isabel Martins

Loading…