Capela de São João Batista

Capela de São João Batista

Belém, Pará, Brasil

Arquitetura religiosa

Situada nas proximidades do Palácio dos Governadores, a Capela de São João Batista veio substituir um templo anterior, construído em taipa. Segundo um manuscrito anónimo da Biblioteca da Ajuda, a obra foi iniciada em 1769, sendo solenemente inaugurada a 15 de junho de 1772 pelo governador Ataíde Teive. Monteiro Baena atribui o pagamento da obra aos paroquianos da freguesia da Sé e refere que a primeira pedra foi lançada a 6 de setembro de 1771, tendo ficado pronta apenas a 23 de junho de 1777. O projeto da capela assinado por Landi foi por ele oferecido a Alexandre Rodrigues Ferreira, que legendou do seu punho a planta, o desenho da fachada, um corte e o desenho da pintura de quadratura da capela‐mor. A capela mostra uma direta influência da arquitetura bolonhesa quinhentista na composição da fachada (de dois registos enquadrados por duplas colunas adossadas no piso inferior e duplas pilastras no piso superior), na invulgar planta centralizada da nave (um octógono irregular inscrito num quadrado) e no interior da nave, com a cúpula sulcada por faixas que se prolongam em pilastras duplas nas arestas do prisma octogonal. A pintura de perspectiva da parede fundeira da capela‐mor, de influência bibienesca (o estilo cenográfico característico dos irmãos Bibiena), conhecida através do desenho de Landi, foi posta a descoberto em 1996, tendo mais recentemente sido reveladas duas outras quadraturas, menos elaboradas, enquadrando as telas de Francisco de Figueiredo, sobre os altares laterais da nave.

Loading…