Administração das Comunidades das Ilhas

Administração das Comunidades das Ilhas

Panaji [Panagi/Pangim/Panjim/Nova Goa], Goa, Índia

Equipamentos e infraestruturas

Embora não se conheça a data exata da construção do edifício da Administração das Comunidades das Ilhas, sabe‐se que em setembro de 1903 se procedia à expropriação de um terreno destinado à sua construção, pelo que se supõe que esta terá decorrido durante o ano seguinte. A fachada principal virava‐se para as traseiras dos Paços do Concelho, hoje demolidos, e marca o arranque da Avenida da Igreja. As fachadas laterais, com situações urbanas muito diferentes, tiveram soluções distintas. De um lado, funciona como remate do Corte do Outeiro e o cuidado posto na sua resolução mostra a consciência dessa importância urbana. O edifício tem uma planta aparentemente simétrica relativamente à entrada principal. Através de uma varanda, que envolve o pátio central, faz‐se a distribuição para os diversos compartimentos. A aparente simetria da planta deve‐se ao modo como a distribuição é feita, sendo que depois, em cada compartimento, se vão resolvendo as assimetrias do volume. A construção adapta‐se resolvendo a esquina através de um canto curvo, reforçando o encontro de duas vias estruturantes da cidade. O problema que a esquina levanta na resolução da fachada relativamente à simetria do edifício é resolvido através da sua separação por tramos e da utilização de diferentes tipos de vãos. A entrada principal é marcada por meio de um frontão. Os elementos decorativos fazem ressaltar as componentes estruturais do edifício: sobressaem as pedras angulares, as molduras dos vãos, e as formas geométricas muito marcadas dos pequenos frontões triangulares em cima das janelas de sacada do primeiro piso e da balaustrada, com uns elementos cir‐ culares bastante invulgares. Este edifício resolve assim uma série de questões urbanas e arquitetónicas, afastando‐se da simplicidade dos seus antecessores. É provável que o rés‐do‐chão tenha sido desde a sua construção destinado a funções comerciais. No primeiro piso, mantêm‐se os serviços ligados ao Estado.

Alice Santiago Faria

Loading…