Hospital de São Rafael

Hospital de São Rafael

Macau, Macau, China

Equipamentos e infraestruturas

Classificado como edifício de interesse arquitetónico, o Hospital de São Rafael constitui o primeiro hospital ocidental da China, testemunhando as transformações ocorridas em Macau com a crescente ocidentalização. Sofreu diversas alterações ao longo dos séculos.
Fundado em 1569 pelo bispo Belchior Carneiro, no quadro da ação da Santa Casa da Misericórdia, a população chamava‐lhe I Yan Miu, ou Templo da Cura. Os programas de vacinação contra a varíola na China foram desenvolvidos a partir deste hospital. Foi objeto de diversas intervenções, adaptações e ampliações. O prédio atual resulta das renovações realizadas em 1939. Trata‐se de um grande edifício desenvolvido a partir de uma fachada em U com dois torreões avançados em cada ponta e um corpo central recuado e totalmente avarandado nos seus três pisos. O eixo de simetria é marcado centralmente, assinalado por uma varanda mais larga que é coroada por um frontão. Os torreões laterais têm uma expressão maciça, onde se abrem janelas com portadas exteriores e bandeiras colocadas sobre a verga, destinadas à circulação permanente de ar entre interior e exterior.
Encerrado entretanto como unidade hospitalar, foi em 1988 adaptado à Sede da Autoridade Monetária e Cambial de Macau, mantendo a tipologia claustral e os largos corredores originais. É hoje o Consulado Geral de Portugal.

Ana Tostões

Loading…