Tribunal

Tribunal

Daman [Damão/Damaun], Guzerate, Índia

Equipamentos e infraestruturas

O Tribunal de Damão localiza ‑se dentro da cidade muralhada, junto à Porta do Mar, num edifício que anteriormente funcionava como alfândega, provavelmente construído ou reconstruído em 1801, data que se encontrava marcada junto à entrada. É provável que tenha sofrido algumas transformações aquando da mudança de funções, ocorrida em meados do século XIX. Implantado no fundo do quarteirão, o edifício tem dois pisos e uma forma retangular de onde sobressai a escadaria. O piso térreo apresenta uma arcaria, que originalmente deveria ser aberta, dividida pelo volume da escada. No segundo piso existe uma varanda que funciona como espaço de recepção e galeria de distribuição, organizando as diversas dependências judiciárias. A sala de audiências implanta ‑se a eixo com a escadaria e é assinalada com uma porta de desenho distinto das restantes. Do lado direito localiza ‑se a sala dos magistrados e do esquerdo os apoios administrativos e restantes dependências. A maioria dos espaços internos comunica entre si, sem corredores. Originalmente o edifício era simétrico relativamente às escadas, tendo sido aumentado para norte após 1961. O acrescento é de fácil leitura, pois é evidente a quebra no ritmo das arcarias e ainda a diferença ao nível das colunas do segundo piso. A identidade de edifício de Estado é reforçada pela escadaria monumental e respectivo percurso de chegada,conjuntamente com o desenho simples mas rigoroso da fachada principal.

Alice Santiago Faria

Loading…