Igreja de São Francisco

Igreja de São Francisco

Kochi [Cochim/Cochin/Santa Cruz de Cochim], Kerala, Índia

Arquitetura religiosa

Embora profundamente transformada, esta é a mais antiga igreja construída pelos portugueses no Oriente e a única que, após a conquista de Cochim pelos holandeses em 1663, não foi destruída, sendo então adaptada ao culto protestante. A igreja teve inicialmente a invocação de Santo António e pertencia ao convento franciscano fundado por Frei António do Louro. Com autorização régia para fundar um convento franciscano nesta povoação, assim como na cidade de Goa, Frei António desembarca em Cochim no ano de 1518. A igreja terá sido construída nesta época. Da construção original manuelina mantém‐se a planta da igreja e a sua espacialidade, de corpo de nave única e cobertura em madeira, com cinco contrafortes laterais que ritmam a volumetria. Os contrafortes das extremidades, colocados diagonalmente em relação aos panos de parede, são rematados por coruchéus piramidais. A capela‐mor tem planta retangular, também com contrafortes exteriores, dois a meio do comprimento e dois de ângulo. Apresenta nártex fechado sob o coro‐alto, com contrafortes diagonais nos seus extremos. No interior este espaço tem uma composição tripartida, marcada pelas colunas adossadas na parede da nave, que enquadram os três pórticos de acesso à igreja. Na sua estrutura original, este nártex poderia ter sido um pórtico saliente que foi posterior‐ mente integrado na volumetria da fachada, avançada em relação à construção inicial. A fachada desenvolve‐se em três tramos, marcados por pilastras adossadas, e em três andares, devendo datar da época de alterações, aquando da sua adaptação para o culto reformado pelos holandeses. Sobre o pórtico único de entrada, em arco de volta perfeita, abrem‐se três grandes fenestrações de igual dimensão. No nível superior, um óculo circular, adaptado a relógio, é ladeado por aletas contracurvadas de silhueta simplificada, que rematam em curva a fachada, apoiando um pequeno coruchéu. A composição é ladeada pelos dois contrafortes diagonais rematados por coruchéus piramidais, que iniciam os volumes das aletas ao nível do terceiro andar. Nesta igreja encontra‐se o cenotáfio de Vasco da Gama, cujos restos mortais aqui permaneceram entre 1524 e 1538, antes de serem transladados para a metrópole. O convento sofreu um grande incêndio em 1634, ficando de pé apenas parte do edifício. Durante a ocupação holandesa, os três altares passaram para a Igreja de Nossa Senhora da Esperança de Vaipim, fundada também pelos frades franciscanos, onde poucos anos depois foi admitida a continuação do culto católico. A igreja foi igualmente renovada em 1779 e em 1870. A mudança de invocação para São Francisco terá acontecido durante o domínio de Cochim pelos ingleses, sendo conhecida por este orago desde 1870. É atualmente protegida pelo Estado indiano como monumento histórico integrante do Forte de Cochim.

Helder Carita

Loading…