Escola Secundária de Nampula (antigo Liceu Gago Coutinho)

Escola Secundária de Nampula (antigo Liceu Gago Coutinho)

Nampula, Nampula, Moçambique

Equipamentos e infraestruturas

O Liceu Gago Coutinho (1969-1970), actual Escola Secundária de Nampula, é um dos Liceus construídos em Moçambique, no contexto do programa escolar desenvolvido por Fernando Mesquita (1916, Vila Real-1990s, Maputo), largamente implementado em Moçambique, entre 1955 e 1975, e também desenvolvido por outros profissionais, como Cardoso Alves e Rute Bota (1932, Loulé), autora deste projecto.

No contexto de todo o programa, que inclui desde escolas primárias (Ver entrada "Escola com 4 Salas de Aula" e "Escola Primária de Nampula) a técnicas (ver entradas "Escola Técnica de Quelimane" e "Escola Técnica Elementar de Lourenço Marques"), os liceus construídos são os exemplos construídos que apresentam maior fragilidade, em termos de equilíbrio organizacional, e menor rigor, na sua implementação. Se isto já era verificável nos projectos originais, assume proporções significativas nos edifícios como hoje os observamos, com pavilhões inteiros que terão ficado por construir ou que já terão sido entretanto demolidos. Continuando, no entanto, a desempenhar as suas funções independentemente das contingências ocorridas, comprovam que o modelo cumpre, de facto, as suas características desejadas de maleabilidade e versatilidade.

No contexto da concepção arquitectónica desta escola em termos de desempenho climático - questão essencial ao programa Mesquitano - o Liceu Gago Coutinho é um exemplo do paradigma da implementação do programa, no caso em que os ventos predominantes vêm do Sul, como acontece em Nampula. Para entender esta questão, consulte-se, por favor a entrada "Escola Técnica de Nampula".

Zara Ferreira

(Referência FCT: PTDC/AUR-AQI/103229/2008)

Loading…