Igreja da Mãe de Deus

Igreja da Mãe de Deus

Pomburpá, Goa, Índia

Arquitetura religiosa

O padre Catão informa que a igreja foi "fundada em 1590 por Luísa da Madre de Deus, da Ordem Terceira de S. Francisco, e pela sua mãe, Ana de Santa Maria, que fundaram também um hospício e os doaram aos franciscanos por escritura de 11‐6‐1604". De fachada principal virada a nascente, a igreja de Pomburpá tem situação paralela às da Penha de França, Salvador do Mundo e de Aldoná: localizam‐se as quatro como que debruçadas sobre a margem do Mandovi quando um braço deste rio corre de norte para sul, limitando desse lado a fronteira de Bardez. As da Penha de França e de Pomburpá foram construídas mesmo à beira‐rio, a Mãe de Deus sobre um promontório rochoso de meia dúzia de metros de altura. O desnível em relação à margem, onde hoje corre uma estrada, é vencido por uma escadaria de dois lances em ângulo reto decorada com pináculos esféricos que dá acesso a uma ampla varanda situada face à fachada da igreja (e ao rio). Sob esta varanda situam‐se duas celas. Escreve o padre Catão que tudo isto foi construído pelo reitor e ex‐provincial Frei António da Assunção "com esmolas e sem concurso dos gancares", supomos que imediatamente após 1604. A escada e a varanda criam o impacto paisagístico e cenográfico da igreja, metida contra a encosta. É um edifício de nave única coberta de telhado, fachada "franciscana" de galilé isenta, de três arcos frontais, sob coro alto aberto para a nave. A parte superior da fachada, com óculos polilobados, janelas de frontão triangular apertadas entre pilastras, remate ondulante e querubins, de expressão próxima da fachada da igreja franciscana do Espírito Santo de Velha Goa (1660), pode corresponder à remodelação da cabeceira: a Mãe de Deus foi dotada de duas torres à ilharga da capela‐mor à maneira franciscana (ou foram remodeladas torres existentes), de uma testeira poligonal, e de uma coroa de contrafortes. É possível que estas obras tenham decorrido em meados do século XVIII. De acordo com o padre Catão "pelos anos de 1748 foi colocado na igreja o Santíssimo Sacramento", informação difícil de interpretar. Localiza‐se no tardoz, subindo a encosta, o terreiro da igreja com o cemitério e o acesso às instalações da casa paroquial e do antigo hospício, situados ao lado norte da igreja.

Paulo Varela Gomes

Loading…