Igreja de Nossa Senhora da Conceição

Igreja de Nossa Senhora da Conceição

Moirá, Goa, Índia

Arquitetura religiosa

Nossa Senhora da Conceição de Moirá já existia como reitoria franciscana cerca de 1635; em 1636 foi construída uma igreja pela comunidade para os franciscanos, mas a que hoje vemos resulta de obras muito extensas, realizadas pela comunidade local entre 1800 e 1838: estão documentadas a construção entre estas datas de uma nova fachada principal (1800), e seguidamente de uma nova capela‑mor (1814), nave (1832), cabeceira (1836‑1838) e casa paroquial (1841). Todavia, é provável que também a nave tenha sido refeita nesta altura. De facto, Nossa Senhora da Conceição apresenta‑se hoje como uma igreja tipologicamente coerente, integrada no conjunto formado por várias igrejas de fachada cupoliforme de Bardez: tem uma fachada desse tipo, nave única coberta de telhado, alçados laterais em dois andares articulados por nichos semicirculares concheados onde se abrem janelas, capela‑mor coberta por abóbada de canhão com penetrações, também com nichos do tipo dos da nave. Diferentemente de outras igrejas, a cabeceira de Moirá mostra a influência direta da Igreja de São Jerónimo de Mapuçá através da presença de uma grande torre localizada a eixo e por detrás da capela‑mor. A torre não cobre um camarim como sucede em Mapuçá, antes foi construída como torre sineira. A igreja e o edifício paroquial, articulado por um pátio de galeria encostada ao seu flanco norte, situam‑se sobre uma colina virada a nascente, dominando uma larga extensão de arrozais. À frente da fachada, antes da encosta sobre o arrozal, há um terreiro com cruzeiro. A sul desce sobre a igreja uma pendente, no meio da qual está a casa paroquial, ainda preservada em forma antiga. O povoado fica a poente, distante da igreja, como é hábito. Por detrás da igreja, à beira do caminho que vem do povoado, situa‑se o cemitério coberto.

Paulo Varela Gomes

Loading…