Casa Eucher Pereira

Casa Eucher Pereira

Benaulim, Goa, Índia

Habitação

Apresentando ‑se como um requintado exemplo de casa brâmane do século XIX, a casa dos Eucher Pereira testemunha, pelo seu programa arquitetónico, um lento percurso da arquitetura civil indo ‑portuguesa que, a partir dos modelos importados da Europa pelos portugueses, se vai adaptando ao clima e aos valores tradicionais da casa indiana. Nesta evolução, o edifício abandona o esquema de casa nobre de dois andares, optando por desenvolver apenas um piso térreo sobrelevado, abrindo ‑se a fachada numa vasta varanda a toda a largura do alçado, com um largo balcão central marcando a entrada. Numa mais adequada adaptação ao clima, o telhado prolonga ‑se diretamente sobre a varanda e o balcão de entrada, constituindo uma solução de proteção às infiltrações das chuvas das monções. O balcão com bancos corridos no patamar superior adquire uma clara função de sala de estar, onde uma sucessão de pequenos bancos para criados, distribuídos ao longo dos degraus das escadas, acrescenta um sentido de ritualidade oriental. Igualmente, ao nível do programa, a casa desenvolve os interiores à volta de um pátio interno, na tradição da casa indiana, dividindo ‑se em três zonas; uma primeira de salas, articulada com a varanda, uma segunda de quartos e casa de jantar, ocupando as zonas intermédias dos alçados laterais, e uma terceira, nas traseiras da casa, onde se situam a cozinha e as infraestruturas de apoio à vida quotidiana. A casa Eucher Pereira destaca-se, no contexto das casas goesas do século XIX, pelo delicado trabalho de toda a marcenaria que, estendendo-se das elegantes colunas e guardas das varandas às molduras das portas e janelas, testemunha o elevado nível de execução dos artífices goeses. Dignas de nota são ainda as portadas das janelas, em carepas, abrindo exóticos pequenos óculos em vidro para espreitar para o exterior. Estas portadas são, por sua vez, divididas em dois níveis, acusando um sofisticado sistema de ventilação interior das salas. A abertura das portadas inferiores através de uma estrutura em talha vazada permite a entrada de ar fresco que, por diferença de temperatura, promove a circulação e saída do ar quente por aberturas junto ao teto.

Helder Carita

Loading…