Chafariz da Boa Morte

Chafariz da Boa Morte

Goiás, Vila Boa de Goiás, Goiás, Brasil

Equipamentos e infraestruturas

Em espaços previamente pensados, como é o caso do Largo da Boa Morte, também conhecido como Largo do Chafariz, fica muito clara a valorização de determinadas edificações em virtude de sua implantação, como pode ser notado no caso da Casa de Câmara e Cadeia e do Chafariz da Boa Morte (também conhecido como Chafariz de Cauda). Aliado à topografia, o conjunto torna‐se ainda mais majestoso. Para quem sobe da Rua da Fundição, a Casa de Câmara e Cadeia e o chafariz ficam ainda mais destacados. Sem qualquer outro edifício que venha competir visualmente com eles, seja por questões de escala ou proximidade, a apreensão que se tem é de um conjunto monumental. Eis a concretização do espaço do poder de Vila Boa. Diferente da ocupação vernacular do núcleo, verifica‐se nesse caso um certo conhecimento erudito ao se planear o espaço, levando‐se em consideração preocupações com questões estéticas. O chafariz, edificado onde outrora se localizava a primitiva Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte, foi concluído em 1778, durante o governo de José Almeida Vasconcelos Soveral, conforme inscrição no brasão de pedra‐sabão. Tinha por finalidade dividir o abastecimento de água com o Chafariz da Carioca. O chafariz, de pátio de hexágono irregular, possui proporções avantajadas, decorado com pináculos, volutas e pelo brasão. O largo, também conhecido como Praça Brasil Caiado, é protegido por legislação federal e estadual.

Loading…