Igreja de São Francisco de Paula

Igreja de São Francisco de Paula

Goiás, Vila Boa de Goiás, Goiás, Brasil

Arquitetura religiosa

A construção da Igreja de São Francisco de Paula se iniciou em 1761, sob comando de António Tomás da Costa. A Irmandade do Senhor Bom Jesus dos Passos a tem como sede desde 1863, por ocasião do arruinamento da Catedral de Sant’Anna, sua antiga sede. Do acervo local faz parte a imagem em tamanho natural do Senhor dos Passos, que sai às ruas em procissões pela cidade na Semana Santa. A igreja está localizada em ponto de destaque, no alto de um outeiro próximo às margens do Rio Vermelho, acessado por escadarias. No adro, a igreja divide espaço com o cruzeiro e com o campanário em estrutura de madeira, separado do corpo do edifício. Como de costume na arquitetura religiosa goiana, a fachada, assim como a solução arquitetónica do templo, se apresenta de forma simplificada. A fachada frontal é marcada pelas aberturas do coro, da porta central e dos volumes laterais. Apresenta pináculos no alto dos cunhais, reforçando as extremidades do conjunto. Maior preocupação estética se faz notar no interior da igreja, com a presença dos singelos elementos artísticos marcados por pinturas policromadas nos forros da capela‐mor, da nave, nas sobrevergas da nave, no púlpito e no arco cruzeiro. As pinturas dos forros são atribuídas a André António da Conceição, que teria pintado motivos referentes à vida de São Francisco de Paula em 1869, como atesta Coelho. O altar apresenta linhas retas e talha simplificada. Está classificado pelo património histórico e artístico estadual e federal.

Maria de Fátima Rombouts de Barros

Loading…