Igreja de Nossa Senhora da Graça

Igreja de Nossa Senhora da Graça

Papdi, Área Metropolitana de Mumbai (Bombaím), Índia

Arquitetura religiosa

Elevada em 1998 à dignidade de Sé Catedral da nova Diocese de Vasai (Baçaim), a igreja original teria sido fundada pelos jesuítas em 1565 e reconstruída em 1597, depois da guerra do Forte do Morro de Chaul. Nossa Senhora da Graça é uma igreja de nave única coberta por um teto de madeira e telhado. Não sabemos se o teto que se vê sobre a capela‐mor disfarça a presença de uma abóbada. À mão esquerda da capela‐mor foi recentemente aberta uma grande nave lateral. A fachada principal, virada a nascente para um terreiro de consideráveis dimensões, é característica das igrejas do norte: a sua estrutura básica é certamente tardo‐quinhentista ou do início de Seiscentos, mas o ornamento é oitocentista. A fachada divide‐se em três tramos, com três ordens no tramo central e duas nos laterais. Os vãos do piso térreo são os originais. No segundo foram modernizados à maneira gótica e a modernização estendeu‐se a todas as molduras da fachada, que são de tipo eclético, e em particular à empena, na qual apareceram rosá‐ ceas de tipo chacra utilizadas como coroamento - uma forma que só vemos na Província do Norte - um arco central apontado e uma cornija ondulante. Tudo isto já se pode ver numa fotografia publicada em 1925. Se a tradição que afirma que a igreja não foi destruída pelos maratas depois de 1739 e nada mais sucedeu subsequentemente se confirmar, então é possível que tanto o cruzeiro que se ergue no terreiro em frente como o altar‐mor, os laterais e o púlpito, no interior, tudo com aparência setecentista, tenham sido efetiva‐ mente realizadas para o lugar onde estão. Imediatamente a norte da igreja e dos seus edifícios paroquiais existe ainda o fragmento de um bairro com muitas casas do início do século XX ou talvez ligeiramente anteriores, habitado por católicos, que é conhecido, como sucede por toda a Índia, por povoação.

Paulo Varela Gomes

Loading…