Sé, Antiga Matriz do Salvador

Sé, Antiga Matriz do Salvador

Olinda, Pernambuco, Brasil

Arquitetura religiosa

Ao se instalar em Olinda, Duarte Coelho edificou, diante de sua torre forte, uma igreja matriz dedicada a São Salvador. Da primeira igreja não se tem maior memória; deveria ter sido de construção provisória, tempos depois substituída por obra mais duradoura. A capela do Santíssimo Sacramento, na atual Sé, seria, tudo o indica, dessa segunda fase das obras. Em 1583, o padre jesuíta Fernão Cardim a descreveu como uma igreja com três naves e muitas capelas ao redor e em construção. Tal igreja matriz, não concluída, foi em 1631 incendiada pelos holandeses. De sua fisionomia arruinada existem varias pinturas do artista Frans Post, vindo com a comitiva do governador João Maurício de Nassau (1637‐1644). Após o ano de 1654, nas obras de reconstrução da igreja se aproveitou toda a pedraria esculpida e se manteve a disposição antiga do interior em três naves. Esse era um modelo de igreja matriz consagrado em Portugal. Em 1911, uma intervenção remodeladora a transformou em neogótica e, em 1936, outra a transformou em neobarroca. Em 1972, uma intervenção restauradora a deixou com o aspecto atual. A igreja não recuperou mais suas talhas e nem tampouco os antigos azulejos, removidos nas duas intervenções anteriores. No entanto, nesta última a sua arquitetura retornou à dignidade antiga.

José Luiz Mota Menezes

Loading…