Convento de São Francisco e Igreja de Santa Maria Madalena

Convento de São Francisco e Igreja de Santa Maria Madalena

Marechal Deodoro, Alagoas, Brasil

Arquitetura religiosa

A construção do convento franciscano de Santa Maria Madalena foi iniciada em 1684, pelos dormitórios, estendendo‐se depois à igreja, onde a capela‐mor foi terminada em 1689. Os alicerces da nave foram abertos em 1692 e a capela lateral (da família Araújo de Lima) foi escriturada em 1709. O claustro, de programa muito simples, deve ter sido construído logo depois, já que temos notícia da construção da extensão que o prolonga a poente, a partir de 1719, e do seu segundo andar em 1723. A fachada que hoje se pode ver na igreja resulta de uma remodelação que teve lugar já nos finais do século XVIII (1784‐93). Da sua configuração original, provavelmente da década de 1710, restam os três arcos térreos e um lateral, emparedado mas ainda visível. O segundo e terceiro níveis da fachada (janelas e frontão, respectivamente) resultam da campanha de finais do século. A sacristia mantém a sua localização original, adjacente ao claustro. No interior da igreja, destacam‐se dois altares em talha dourada, dos princípios do século XVII e em acelerado estado de degradação. Ao lado da igreja principal ergue‐se a mais modesta Igreja dos Terceiros, edifício provavelmente contemporâneo da campanha que alterou a fachada da igreja principal. Tipologicamente, segue a proposta de igreja isolada para a Irmandade dos Terceiros estabelecida em Salvador e, do ponto de vista formal, resulta de uma simplificação da igreja dos Primeiros.

Nuno Senos

Loading…