Forte de Nossa Senhora dos Remédios

Forte de Nossa Senhora dos Remédios

Fernando de Noronha, Pernambuco, Brasil

Arquitetura militar

Em 1629 holandeses, em caminho para invadir Pernambuco, tomaram a ilha principal do arquipélago e nela construíram um reduto num lugar estratégico, em termos de defesa. A ilha esteve inicialmente sob comando do almirante Cornelie Corneliszoon Jol, o "Perna de Pau", e mais tarde do arrendatário Michel de Pavw. Nesse período de domínio holandês se edificou a atual fortificação. Depois de 1654, quando os holandeses foram derrotados em Pernambuco, a ilha retornou à posse de Portugal. O povoamento da ilha começou a se fazer com mais intensidade após o ano de 1690. Com o insucesso desse povoamento, por algum tempo, tudo pertenceu à Companhia Francesa das Índias Orientais. Em 1737, afastados os franceses, o governador de Pernambuco, Henrique Luiz Pereira Freire, mandou fortificar todo o arquipélago. O projeto e a construção do sistema de defesa ficaram a cargo dos engenheiros militares Diogo da Silveira Veloso, António de Brito Gramacho e João Lobo de Lacerda. O Forte de Nossa Senhora dos Remédios, reconstruído então, se encontra situado à beira de um penhasco e tem como elemento de destaque no desenho um cavaleiro, ou mirante. Com o correr do tempo, na ilha principal se construiu um presídio e hoje, sem tal uso, ela e as demais ilhas são pontos de atração turísticos. A Ilha de Fernando de Noronha pertence ao estado de Pernambuco.

José Luiz Mota Menezes

Loading…