Capela de São Sebastião

Capela de São Sebastião

Igarassu, Pernambuco, Brasil

Arquitetura religiosa

Comparada aos demais edifícios de carácter religioso de Igarassu, a Capela de São Sebastião guarda proporções humildes e tem aparência singela, mas consegue destacar‐se na paisagem da cidade devido à sua disposição isolada, situando‐se em meio a um largo de mesmo nome. Pouco se sabe do seu percurso histórico, apenas que o edifício passou por uma série de reformas desde o início da sua construção em 1735, e é justamente a data da fundação da capela que constitui a referência mais consolidada indicada na literatura. Indícios da história oral revelam que fora construída provavelmente em comemoração dos 200 anos da Igreja Matriz de São Cosme e Damião pelo concelho municipal, ambas partilham inclusive alguns aspectos formais. Acerca de sua composição espacial, a capela constitui‐se de nave e torre únicas, e a linguagem formal de sua fachada frontal carrega feições barrocas, especialmente o topo do frontão sobre o acesso principal da capela, marcado por linhas curvas e volutas. Entretanto, como indica Germain Bazin, o arranjo de seu volume arquitetónico apresenta traços estilísticos de construções anteriores, com características da arquitetura religiosa do século XVII, como se afigura seu próprio frontal principal. A capela é reconhecida como monumento pelo Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional desde 1951, funcionando como espaço para o desenvolvimento do culto religioso até a atualidade.

Loading…