Igreja de São Francisco de Assis

Igreja de São Francisco de Assis

Diamantina, Minas Gerais, Brasil

Arquitetura religiosa

Os dados sobre a construção desta igreja são fragmentários, e sugerem que as obras foram interrompidas várias vezes. A Ordem Terceira de São Francisco de Assis foi oficialmente instituída no Tejuco em 1766, e alguns anos depois foram ajustadas as obras com Francisco de Souza Matos e António Fernandes de Oliveira. O edifício, construído em madeira, taipa e adobe, foi implantado numa esquina, num plano mais elevado que a rua, e com amplo espaço livre à frente. Em 1772, a capela estava pronta "e bem ornamentada com tudo o que convém ao augusto sacrifício", e os irmãos solicitaram ao bispo a autorização para ali realizar os ofícios divinos. A fachada, executada por volta de 1789 por Valério Fernandes Vilas Boas, apresenta a mesma estrutura das igrejas do Carmo e do Rosário, com vários planos delimitados por esteios e cunhais de madeira, pintados em cores vivas. Acima da porta principal, vêem‐se os símbolos da Ordem. Sobre a cimalha saliente, destaca‐se o frontão de madeira, com contornos de linhas quebradas. Internamente, o que há de mais notável é a pintura em perspectiva arquitetónica do forro da capela‐mor, executada entre 1782 e 1783 por José Soares de Araújo. Esta obra, bem mais despojada que as realizações anteriores do artista (igrejas do Carmo e do Rosário), apresenta um medalhão central com a Virgem da Conceição, emoldurado por conchas e guirlandas. Segundo a documentação disponível, entre 1793 e 1798 o mesmo artista executou pinturas no corpo da igreja que foram posteriormente destruídas (provavelmente durante as obras de "modernização" do templo, realizadas em 1917). No forro da sacristia há outra obra pictórica de interesse (São Francisco e Cristo crucificado), que data de 1795 e é atribuída a outro importante pintor da região, Silvestre de Almeida Lopes. Na capela‐mor, o retábulo é em estilo D. João V, enquanto a decoração da nave, concluída no século XIX, se resume a um púlpito e dois retábulos de inspiração neoclássica. A igreja foi classificada pelo IPHAN em 1949.

Loading…