Castelo

Castelo

El Jadida [Mazagão], Norte de África, Marrocos

Arquitetura militar

Da autoria dos irmãos Diogo e Francisco de Arruda, o Castelo começou a ser construído em finais de maio de 1514, devendo os trabalhos estar bastante avançados em agosto. Implantado sobre a plataforma rochosa, no limite da praia que se prolonga até à foz do Rio Umme Arrebia, é constituído por uma estrutura quadrada, com cerca de quarenta metros de largura, completada por quatro torres cilíndricas, uma em cada ângulo: a Torre da Boreja, a Torre da Cegonha, a Torre do Rebate e a Torre da Cadeia. A Torre da Boreja, com cerca de dez metros de diâmetro, era coroada por um sistema de reentrâncias (conforme fotografia de 1917), semelhantes às que encontramos na Torre de São Cristóvão em Azamor, destinadas ao tiro mergulhante de proteção da base. As outras torres, com um diâmetro semelhante, seriam provavelmente coroadas por largos merlões. As cortinas, com uma espessura de cerca de três metros, possuíam parapeito e adarve. Tudo indica que a porta do castelo correspondia ao vão da atual porta de acesso à Cisterna - com cantaria, fresta para grade de ferro e gonzos recortados na pedra -, claramente anterior às obras de 1541. No interior do recinto, encontrava‐se o pátio central, onde provavelmente um conjunto de construções se adossava aos paramentos da muralha. Em 1517 não existia ainda fosso à volta do conjunto, estando este a ser aberto, na rocha, no ano seguinte. Junto ao Castelo, implantava‐se um pequeno aglomerado de construções, possivelmente cercado por muro, que terá sofrido um significativo desenvolvimento ao longo dos anos.

João Barros Matos

Loading…