Igreja de Santo André

Igreja de Santo André

Diu, Guzerate, Índia

Arquitetura religiosa

A Igreja de Santo André, localizada no Bairro de Pescadores da aldeia de Brancavara, no extremo oeste da ilha de Diu, foi edificada por volta de 1630. O retábulo da Ousia, devocional a um tema, inscreve-se na tipologia de um corpo e um tramo e, embora se desconheçam a autoria do entalhe bem como a identidade da oficina, apresenta caraterísticas que indicam ter sido executado, por artistas locais, durante o séc. XVIII. Em madeira entalhada assente sobre embasamento de alvenaria, tem planta plana, banco, corpo único, um tramo e ático. De cada lado do banco, um pedestal sustenta um par de colunas torsas com quatro terços delimitados entre si por um remate circular numa interpretação ingénua das colunas salomónicas. Nos pedestais e no primeiro terço das colunas encontramos uma gramática decorativa composta por elementos fitomórficos, enrolamentos, e medalhas de contas que ladeiam um serafim. Os terços seguintes alternam a composição entre grandes tiras de elementos fitomórficos ladeadas por pequenas estrias, e o seu oposto, grandes estrias ladeadas por pequenas tiras de elementos fitomórficos. Ao centro, entre cada par de colunas, surge um nicho com remate concheado onde se inscreve uma figura de vulto de Nossa Senhora com o Menino. Sobre o entablamento contínuo, assenta o ático com a representação de Deus Pai, ao centro. O trono de alvenaria na tribuna e o truncamento do ático correspondem a intervenções posteriores. Pelas suas características, este exemplar é único para todo o território da Província do Norte.

Mónica Esteves Reis

Loading…