Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Ribeira Grande [“Cidade Velha”], Ilha de Santiago, Cabo Verde

Arquitetura religiosa

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário, localizada na Rua da Carreira, é a mais antiga das igrejas da Ribeira Grande. Começou por ser uma capela em 1495, para depois ser ampliada e passar a igreja em 1652. Apresenta intervenções de épocas posteriores, clássicas e barrocas (portal), mas os elementos mais antigos correspondem possivelmente à capela inicial de 1495 (hoje lateral, no interior da nave única, e sobre a qual se ergue o corpo quadrangular da torre), com cobertura abobadada e nervurada, bem como, possivelmente, ao volume das escadas para a torre adjacente, de forma cilíndrica. Esta capela poderá ter sido a capela‐mor da pequena igreja inicialmente erguida no local, depois ampliada, e que deveria assim ter tido uma posição perpendicular à atual. O acesso à igreja faz‐se por adro murado, destacado numa plataforma dominante relativamente à via pública. O acesso ao adro faz‐se por escadarias compostas, nos degraus superiores, por pedras tumulares epigrafadas. É uma igreja de nave única, com altar‐mor sobre supedâneo de cinco degraus. Na parede do lado do Evangelho existe uma capela tardo‐gótica com influência manuelina, com arco quebrado, ladeado por duas gárgulas, e cobertura em abóbada de nervuras com fechos policromos. Nela está despositada uma pia batismal, que terá pertencido originalmente à Sé. Nos anos 1940 foi entaipada uma entrada em arco quebrado na fachada lateral pela parte da paróquia. Em 1962, realizou‐se o levantamento desta igreja (talvez a mais notável da ilha), a que se seguiu o projeto de reconstrução, com nova torre, piramidal, entre setembro de 1967 e maio de 1969, a construção de uma sacristia e a substituição dos azulejos por outros de fabrico recente e prevista a colocação de azulejos novos no interior, seguindo o padrão dos existentes.

Fernando Pires

Loading…