Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

Congonhas do Campo, Minas Gerais, Brasil

Arquitetura religiosa

Não existem dados acerca das fases de construção da igreja, tampouco sobre o autor do seu risco. Trata‐se de um edifício de grandes dimensões, com fachada plana, frontão movimentado com óculo circular no tímpano, e uma bela portada em pedra‐sabão, esculpida pelo Aleijadinho, com cartela (representando a Arca de Noé) emoldurada de rocalhas e, no fecho da verga, "o buquê com três cabecinhas de querubins, característico do seu estilo". A cobertura das duas torres sineiras é ondulada, com arestas vivas, e coroada por pináculos. A nave, uma das mais amplas de Minas (não existem ali os tradicionais corredores laterais), tem forro em gamela. A obra do retábulo e da tribuna da capela‐mor foi arrematada em 1764 pelo português Manuel Francisco Lisboa (pai de Aleijadinho). Os quatro altares laterais foram construídos em épocas distintas, a julgar pela composição dos mesmos. A igreja conta ainda com pinturas de boa qualidade, sem que haja comprovação da sua autoria. Foi classificada pelo IPHAN em 1950. Em 2003, o edifício se encontrava em mau estado de conservação.

Cláudia Damasceno Fonseca

Loading…