Capela de Santo António dos Velásquez

Capela de Santo António dos Velásquez

Vera Cruz, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

Sua fachada nasce das próprias águas da Baía de Todos os Santos. Com a poesia dessas palavras Azevedo descreve a belíssima implantação da capela, assentada na praia de Gameleira, emoldurada pelos coqueiros e quase dentro do mar que lentamente a vai destruindo. A capela de Santo António dos Velásquez é uma jóia que se perde, apesar da classificação pelo IPHAN. Integrante da antiga Fazenda Santo António, propriedade da família Velásquez, obedece ao partido das capelas rurais do século XVII, do segundo período de evolução do modelo jesuítico classificado por Lúcio Costa, com alpendre frontal ou copiar, acesso externo à tribuna e púlpito e sineira do tipo espadaña. A fachada em oitão, precedida pelo copiar, tem porta de acesso ladeada por duas janelas baixas, alinhadas com duas outras ao nível do coro. Através de vínculo instituído pela proprietária da fazenda, o templo chegou às mãos da Irmandade de Santo António dos Velásquez, que em 1757 reformava a capela às suas custas e criava, nos fundos, espaços para seu funcionamento, além de casas anexas para abrigo dos romeiros e moradia do capelão. É talvez dessa época o fechamento da escada externa, transformando a espadaña em torre e permitindo o acesso à tribuna e ao coro a partir da sacristia. Hoje da capela só existem as paredes externas, em alvenaria de pedra, e a estrutura de sustentação do copiar. A força das ondas lentamente destrói o embasamento sobre o qual assenta e em breve só restarão lembranças.

Ana Maria Lacerda

Loading…