Casa do Barão do Rio Real

Casa do Barão do Rio Real

Salvador, Bahia, Brasil

Habitação

Nazaré era, até meados do século XIX, um arrabalde pouco ocupado. Diz a tradição que este imóvel, residência do barão de Rio Real - importante senhor de engenho -, teria sido um dos primeiros aí construídos. Breve a área se tornou residencial, com uma linda praça arborizada que resistiu ao progresso. No seu terreno de esquina, o barão desfrutou de uma casa assobradada, coroada por mirante, implantada em nível superior ao da rua e isolada desta por um jardim gradeado, sombreado por grandes árvores. O partido seguiu o das casas de meados do século XVIII: sobrado com corredor central e dois pavimentos, além do porão e mirante. O acesso por saguão com pisos de mármore, a arcada em cantaria e a escadaria trabalhada em jacarandá não deixam dúvidas sobre a importância dos moradores. No pavimento nobre, como é de uso, uma capela. Nos salões, forros com frisos dourados e nos fundos uma galeria envidraçada que é inserção do século XIX. Ao lado direito da edificação, classificada pelo IPHAN em 1938, uma cocheira coberta por abóbada de berço sustenta o pátio, decorado com bancos azuleja‐ dos e jarrões de louça do Porto.

Ana Maria Lacerda

Loading…