Igreja Matriz de Nossa Senhora da Pena

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Pena

Porto Seguro, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

Vizinha à Casa de Câmara e Cadeia, na praça principal da cidade alta, a Igreja de Nossa Senhora da Pena, Matriz da freguesia, tem à sua frente a amplidão da praça relvada e depois dela o infinito azul do mar. Carta régia de 1698 informa que a Matriz se arruinara há sete anos. Acreditamos que esta não seria mais a matriz de taipa, vizinha à Misericórdia. Ainda assim, só setenta e cinco anos depois o ouvidor José Xavier Monteiro relatou estar tomando as providências para o conserto do templo, cuja obra havia sido arrematada há quarenta anos atrás e não executada. Finalmente, foi concluída pelo mesmo ouvidor em 1776 ou 1777. Classificada pelo IPHAN em 1968, a igreja tem partido em "T" incompleto. A nave é única e ao lado esquerdo estão a sacristia, a torre e a escada externa que dá acesso ao coro e à sineira. À esquerda fica também o cemitério, cercado por mureta baixa. Cunhais e coruchéus enquadram o frontão barroco com volutas, destacando visualmente o corpo principal da igreja. No eixo da composição, a janela do coro e a portada em arco abatido com tratamento decorativo da segunda metade do século XVIII. A torre de formato piramidal é embrechada com louça branca e tem dois vãos sineiros, o que a torna um exemplar único na Bahia. Segundo Lúcio Costa, a torre, o arco interno que lhe dá acesso, o arco‐cruzeiro e a porta são elementos arcaicos que devem ter pertencido à igreja primitiva, assim como as colunas, gradis do coro e retábulos em arquivolta.

Ana Maria Lacerda

Loading…