Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

Muritiba, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

Ladeando a antiga estrada que ligava Muritiba à Chapada Diamantina, está a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, que a população teima em chamar de Nossa Senhora do Rosário. Ocupa uma das cabeceiras da praça, rodeada pelo casario térreo e faceada por escadaria trapezoidal. Não há informações sobre a construção da igreja que, por suas características, aparenta ser da segunda metade do século XVIII. A sepultura mais antiga, pertencente a Jerónimo Batista de Magalhães e datada de 1853, confirma essa hipótese, assim como a planta assimétrica, de nave única e capela‐mor - cuja sacristia compõe, juntamente com o corredor das tribunas e a torre, o corpo lateral direito da construção - que parece nunca ter sido concluída. Na fachada o corpo principal, rematado por frontão rococó, contém vãos com vergas em arco pleno. A torre sineira, de coroação piramidal e revestimento em azulejos, um elemento arcaico não alterado pela intervenção feita na segunda metade do século XIX, domina o corpo lateral. Internamente, as falsas tribunas da parede esquerda garantem a simetria na composição da nave. Placas de mármore cinza e branco dispostas em xadrez formam os pisos da nave e de parte da capela‐mor. Destacam‐se os altares neoclássicos e o forro em abóbada com quatro lunetas falsas. Conserva‐se ainda uma pia batismal em mármore de Carrara.

Loading…