Igreja da Conceição

Igreja da Conceição

Jacobina, Bahia, Brasil

Arquitetura religiosa

A igreja está construída na base da Serra da Conceição, que termina abrupta quase sobre a via urbana. Serra e templo - construído sobre um terrapleno sustentado por muros de arrimo - criam um todo imponente, que domina o casario vizinho. O amplo terrapleno, levemente desalinhado em relação ao arruamento mais recente, foi originalmente em terra batida, sendo pavimentado em meados do século XX com lajes de arenito da região. A igreja possui duas sacristias, que formam o partido em "T" e teve, como as outras existentes na cidade, alpendres laterais, dos quais um foi transformado em corredor. A fachada é composta por um corpo central coroado por frontão triangular e corpos laterais correspondentes às torres sineiras, a esquerda terminada por cobertura piramidal e a direita incompleta, coberta por telhado de quatro águas. O coroamento piramidal foi usado pela primeira vez no Convento de Cairu, em 1660, e indica um uso tardio do vocabulário setecentista. Segundo Azevedo, o frontão triangular, apesar do estilo neoclássico, é uma intervenção do século XX. A fachada posterior tem um nicho em arco pleno, que provavelmente era usado em missas campais.

Ana Maria Lacerda

Loading…