Penedo

Lat: -10.289944336743000, Long: -36.585849028798000

Penedo

Alagoas, Brasil

Enquadramento Histórico e Urbanismo

O núcleo urbano inicial da cidade de Penedo situa‐se às margens do Rio São Francisco, em uma área de altitude elevada, que correspondia ao limite sul da capitania de Pernambuco. Antes de sua elevação à condição de vila, em 1636, quando passou a ser denominada Vila de São Francisco, Penedo era um curato, possuindo uma capela sob a invocação de Santo António (ca.1615) e outra dedicada à Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (1634). Em 1637, a vila foi invadida por tropas holandesas lideradas por Maurício de Nassau, que mandou construir o Forte Maurício (hoje inexistente), com o intuito de assegurar o acesso ao continente pelo Rio São Francisco. Os combates arrastaram‐se por oito anos até Penedo e o rio voltarem definitivamente ao domínio da coroa portuguesa, assumindo a designação de Vila do Penedo do Rio de São Francisco. Em 1842, a vila foi elevada à categoria de cidade e passou a ser chamada de Penedo, como é conhecida até hoje. A paisagem edificada penedense é marcada por uma diversidade estilística expressa nas mudanças das feições de suas primeiras igrejas e em construções posteriores, como a Casa de Câmara e Cadeia (1781), o Oratório dos Condenados (1769) e o Teatro Sete de Setembro (1884), incorporando inclusive uma arquitetura de carácter genuinamente moderno, como é o caso do Hotel de São Francisco, construído nos anos de 1960. Contudo, a coesão de seu conjunto urbano foi mantida, rendendo‐lhe o reconhecimento pelo Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional desde 1996.

Roseline Oliveira Machado

Arquitetura religiosa

Loading…